MAMOPLASTIA  DE AUMENTO  OU MAMOPLASTIA REDUTORA : CIRURGIA PLÁSTICA MAMOPLASTIA
Nos dias atuais, os seios fartos , grandes e sensuais representam o sonho de consumo de muitas mulheres, entretanto a estética dos seios femininos não se resume a mamoplastia de aumento com inclusão de prótese de silicone.

Muitas mulheres também sofrem com o excesso de volume de suas mamas e não estão satisfeitas com sua aparência. Nesses casos estaria indicada a cirurgia plástica de mamoplastia redutora, que envolve a retirada do excesso do tecido mamário e a modelagem e elevação das mamas.
As mulheres que fazem uma mamoplastia, seja ela mamoplastia redutora ou mamoplastia aumento, podem fazê-la por vários motivos, sendo o principal o visual estético, ou seja, um maior equilíbrio entre o volume e a forma dos seios.
Por representar a essencia da feminilidade da mulher, os seios desempenham papel importantissimo na composição da estética feminina.
Na cirurgia de mamoplastia, seja ela de aumento ou redução, o senso artístico do cirurgião é fundamental para correta indicação e execução do procedimento.
Na mamoplastia redutora, o cirurgião age como um verdadeiro escultor, retirando excesso de pele e tecido mamário na proporção exata para uma correta modelagem do novo formato dos seios, que deverão ser proporcionais a estrutura corporal da paciente.
Um dos aspectos fundamentais da mamoplastia redutora se refere ao correto entendimento por parte da paciente da existencia da cicatriz cirúrgica, onde na maioria dos casos de mamoplastia redutora se utiliza a técnica do ” T invertido “.

Esta técnica de mamoplastia redutora envolve um corte em volta da aréola, um corte no sulco mamário e um outro que liga os dois primeiros.
As cicatrizes finais da mamoplastia redutora dependerão do tamanho das mamas, da relação peso/altura da paciente, se há tecido mamário prolongando-se para as axilas (às vezes continuando-se com depósitos de gordura das costas podendo ser necessário a realização concomitante de uma pequena lipoaspiração ), pois esses fatores determinarão qual técnica cirúrgica será a mais adequada, além disso dependerá também da paciente não apresentar transtornos de cicatrização (como quelóides) e seguir as orientações de pós-operatório.

A cirurgia para redução de mamas é realizada em hospital, sob anestesia geral, possui duração media de 2h e requer 1 dia de internação hospitalar.
Os pontos são geralmente retirados entre 7-14 dias e a paciente deve ficar de repouso relativo após cerca de 10 dias da realização da mamoplastia redutora.

MAMOPLASTIA DE AUMENTO – PRÓTESE SILICONE NOS SEIOS

Na mamoplastia de aumento, um dos fatores cruciais para o sucesso da cirurgia, esta na correta escolha do tamanho da prótese silicone pelo paciente. Em sua consulta de avaliação, além de discutir aspectos da cirurgia como tipo cicatriz, pos operatório , etc, a paciente terá oportunidade de experimentar diversos tipos de prótese mamária, para ver qual que melhor se adapte ao seu corpo.
A paciente preferencialmente deve estar utilizando um sutiã sem enchimento, para melhor visualização do tamanho da protése silicone a ser implantada.
Embora o cirurgião possa fazer algumas sugestões quanto ao tamanho da protése a ser utilizada, a escolha deve ser um consenso entre o paciente e o cirurgião, aliando a experiência técnica ao desejo da paciente, culminando em um alto índice de satisfação com o resultado das cirurgias de mamoplastia entre nossas pacientes.